Vocês admitem pastoras?
Não encontramos qualquer base bíblica para que mulheres estejam à frente do pastoreio de congregações. Sendo assim, não reconhecemos a função pastoral feminina neste sentido, ou seja, de alguém que se responsabilize pela igreja.

No entanto, a esposa de um pastor geralmente participa do seu pastorado, pois com ele realiza visitas, aconselhamentos e viagens missionárias. Ou seja, na prática, ela também pastoreia ao lado de seu marido pastor.

Sendo assim, apesar de mulheres não poderem governar uma igreja, não vemos qualquer problema em que a esposa do pastor seja informalmente chamada de pastora –mas, apenas por consideração e não como um título. Não consagramos mulheres ao pastorado.

Portanto, em nosso ministério, e segundo o que nos mostra claramente o livro de Atos e as epístolas, somente homens podem assumir o pastoreio de uma congregação.

- Confira um estudo em vídeo sobre esse assunto -

Voltar para Perguntas